InternetData CenterAssinante

Adiamento da eleição garante elegibilidade a Geovane de Godoi

Pena de elegibilidade termina dia 7 de outubro de 2020
Adiamento da eleição garante elegibilidade a Geovane de Godoi
Por João Paulo Messer Em 22/06/2020 às 18:25

O pré-candidato a prefeito pelo PL, em Forquilhinha, Geovane de Godoi, já vinha trabalhando a área jurídica para garantir participação nas eleições deste ano mesmo que o pleito fosse no dia 4 de outubro. Uma condenação por abuso de poder dos tempos em que ele diretor do Frigorífico Tramonto, em 2012, o atormentava. A pena é de oito anos de ilegibilidade.

A data conta a partir do dia da eleição daquele ano, ou seja, 7 de outubro de 2012. Assim, se a eleição fosse no dia 4 de outubro ele estaria impedido de participar do processo eleitoral, mas como a data mudará para 15 de novembro ou 6 de dezembro, ele estará apto a disputar a eleição de Forquilhinha.

Esta foi a orientação que ele recebeu de seu advogado Ivo Carminatti durante reunião neste fim de semana. Este fato turbina a sua capacidade de sair na busca de aliados. Um deles é o atual prefeito Dimas Kammer, que rompeu com o seu partido para declarar apoio a ele. Na última sexta-feira Geovane teve reunião com representantes também do MDB.