InternetData CenterAssinante

De 'Série C' na MyCujoo a final da Champions League

Votação que afastou o governador teve todo tipo de emoção
De 'Série C' na MyCujoo a final da Champions League
Foto: Thiago Hockmüller/Portal Engeplus
Por João Paulo Messer Em 24/10/2020 às 02:18

Difícil, ainda, avaliar os desdobramentos futuros em consequência dos votos dos 10 juízes de um tribunal especial invocado pelo processo de impeachment do governador Carlos Moises. Por volta do meio-dia cheguei a lamentar a pobreza do evento comparando-o a um jogo de futebol visto por um destes precários sistemas de streaming, mas a coisa mudou e na madrugada deste sábado terminou com fortes emoções.

Depois de quatro contundentes votos dos desembargadores o também desembargador Luiz Felipe Schuch surpreendeu a todos e votou pela admissibilidade, assim como votaram os deputados. Emoção comparados ao de instantes finais de uma grande decisão. Uma decisão de champions league.

Para completar o cenário inesperado, o voto fatiado do deputado Sargento Lima que “aliviou” a vice-governadora, levou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ricardo Röesler a decidir em favor de Daniela Reihner.

Já na madrugada deste sábado (24) era quase 1h quando a soma de votos confirmou o afastamento do governador. Era quase 2h, ou seja, uma hora depois, quando se soube, pelo voto de minera – desempate – que a vice-governadora assumiria o governo.

SALVO

Foi o deputado Sargento Lima quem salvou a vice-governadora e ficou cena de que se houvesse empate o presidente do TJSC votaria pela absolvição do governador.

Leia mais sobre: