InternetData CenterAssinante

Os preços da água em Criciúma

Tem mais de um cálculo
Os preços da água em Criciúma
Por João Paulo Messer Em 31/10/2019 às 10:54

O prefeito Clésio Salvaro já tem o “rascunho” do que vai apresentar à Casan e ao governador Carlos Moisés a respeito da tarifa de água em Criciúma. A nova agência reguladora, contratada recentemente, já concluiu o estudo. Falta apresentar documento oficial. A rigor o estudo encontrou cálculos de três preços: um se a Casan fosse um órgão eficiente, outro que justifica o preço atual e um terceiro se a gestão fosse feito por um órgão municipal como Samae. Para explicar o preço atual o item de maior impacto é o dos altos salários da companhia. Não há previsão de quando o prefeito vai receber em mãos o documento oficial, nem quando irá ao governador. Isso deve acontecer ainda neste ano.

Comissão

A Câmara de Vereadores de Criciúma criou uma comissão que vai acompanhar as negociações do município com a Casan e a prestação do serviço da nova agência reguladora. Havemos de lembrar que uma comissão da água já existiu na mesma Câmara, mas se extinguiu pelo tempo de demora sem resultado prático. Tudo começou com um abaixo assinado coletado por iniciativa de líderes do movimento de bairros de Criciúma. Isso tem dois anos e a tarifa em nada mudou.

Minotto

Flagrante a mudança de estratégia do deputado Rodrigo Minotto (PDT), quando o assunto é eleição de prefeito de Criciúma. Ele já foi contundente em se tratando de candidatura e até do apoio do governador Carlos Moisés. Como não pegou bem no PSL e o partido está cada vez mais longe do governador, Minotto se afasta do discurso de candidatura e se aproxima do governador. Isso tira ele do foco em se tratando do assunto eleições e o deixa com uma espécie de apoio branco do governador.

Interlocutor

Sem relacionamento com a sua base eleitoral o governador Carlos Moisés preferiu passar pelo deputado Rodrigo Minotto a informação de que irá anunciar no mês que vem investimentos como a ponte na barra do Araranguá e a rodovia Jacob Westrup. Minotto estaria preparando ainda um pacote ainda maior a partir da sua proximidade com o governador. Tudo isso apenas reforça a distância de Moisés e Bolsonaro, aproximando o governador a correntes identificadas com a esquerda.

Recuou

De quem não se deve mais ouvir verdadeiras “declarações de amor” como aquela feita quando o governador esteve em Criciúma, no mês passado, é do deputado Luiz Fernando Cardoso Vampiro. Naquela ocasião ele teria ido longe demais ao elogiar o governador pelo modelo de gestão. Sem necessidade de citação ele “fritou” governos anteriores, dos quais ele fez parte, como foi o caso do padrinho Eduardo Moreira.