InternetData CenterAssinante

Crise gerenciada na medida

Reação administrativa da UNESC foi perfeita
Crise gerenciada na medida
Por João Paulo Messer Em 27/10/2019 às 20:09

Houve dois momentos críticos administrados com maestria pela reitoria da UNESC, nestes últimos dias. O de menor repercussão, mas que também mostrou reação rápida e precisa foi ante a notícia divulgada pelo advogado do ex-professor Dorival Giassi, de que ele deveria ser imediatamente reintegrado ao quadro da instituição. Como o processo corre em segredo de Justiça a fonte foi o próprio advogado. A universidade logo mostrou que não é parte do processo e que Giassi foi afastado após processo disciplinar administrativo o que rechaça a ideia de que a instituição tivesse perdido uma ação judicial. Se ela não é parte não tem como sofrer derrota. Isso foi esclarecido pela universidade logo. O caso de maior repercussão, entretanto, é o que envolve a instituição indiretamente. Um estabelecimento terceirizado que presta serviço no ambiente da instituição é suspeito de ter comprado carne vendida de forma irregular no caso que ficou conhecido como desvio de alimento na AFASC. Assim como no outro, neste a reitoria não vacilou e rompeu o contrato. Reações desta natureza são hoje o que o cidadão espera dos gestores. Vacilos ante situações como estas remetem a outras suspeitas. Por isso a reação da universidade foi muito elogiada nos bastidores, neste fim de semana. A reação foi imediata e contundente. Não é o caso da reação da AFASC (órgão do município) em relação à investigação sobre o suposto desvio de carne.