InternetData CenterAssinante

Criciúma Shopping recebe exposição que retrata Criciúma a partir de 1903

Telas da artista plástica Juliana Natal mostram cenários e elementos até a década de 1990
Criciúma Shopping recebe exposição que retrata Criciúma a partir de 1903
Foto: Caroline Bortot / Criciúma Shopping
Por Redação Engeplus Em 21/12/2018 às 16:45

Você sabe como era Criciúma em 1903? Uma amostra deste período da cidade até a década de 1990 está na exposição que iniciou nesta quinta-feira, dia 20, e segue até o dia 6 de janeiro, aniversário do município, no Criciúma Shopping (CS). Intitulada “Pintando Criciúma: Arte, Memória e Educação”, a exposição conta com sete quadros da artista plástica e professora Juliana Natal.

Os desenhos retratam cenários de Criciúma em momentos significativos de sua trajetória e são objeto de pesquisa do Mestrado em Educação feito por Juliana na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Ela explica que as obras mostram uma Criciúma antiga através de fragmentos e recortes em épocas.

“Uma das telas é o monumento em alusão aos mineiros. Pouca gente sabe que, quando ele foi feito, foi colocado no Centro, em frente à igreja, numa época em que ser carvonista ainda estava em alta. Depois, o monumento foi retirado do pedestal e colocado em outro local, ainda no Centro, mas ganhando outras características e tendo menos destaque, tanto que muitas pessoas passam e nem o notam. Por isso, essa é uma obra que gera uma certa polêmica”, adianta Juliana.

Ela também destaca que alguns cenários retratados nas telas nem existem mais e provavelmente não foram vistos pelas pessoas que ainda estão em vida porque foram extintos há muito tempo. “É uma forma de rememorar espaços e tempos da história de Criciúma e da nossa própria história”, completa a artista plástica que, inclusive, usou fotografias antigas como inspiração para cenários, elementos e objetos que não mais existem.

A exposição “Pintando Criciúma: Arte, Memória e Educação” é aberta ao público em geral de forma gratuita e está no hall do Criciúma Shopping.

Colaboração: Vanessa Amando / Criciúma Shopping