Artes Visuais

Arte

Esculturas de isopor, de Criciúma para o Mundo

Há 10 anos o escultor Cláudio vem encantando o mundo com suas obras

27
ABR
2018
| 15h31
15h31
Heitor Carvalho
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Heitor Carvalho

Há aproximadamente dez anos, Cláudio Alves Corrêa começou a produzir esculturas em isopor, de lá para cá, aperfeiçuou o trabalho, ganhou confiança e credibilidade e hoje junto com mais três funcionários trabalha no fundo da casa de seus pais, no bairro São Francisco, em Criciúma.

De forma independente, Cláudio começou a fazer alguns trabalhos e divulgar em seu Orkut, e assim começou essa relação que já dura quase 10 anos, entre claudio e as esculturas de isopor. "Eu achava as decorações daqui atrasadas e quando eu via as revistas de fora eu tinha certrza disso, então assim comecei a fazer esse trabaho diferenciado", afirma o escultor.

Quando o assunto é decoração, as opiniões se dividem quanto a questão valor, já que muitos criticiam o alto preço cobrado pelos profissionais da área. Na Art Isopor, empresa do artesão, cada peça tem seu preço, de acordo com o tamanho e a complexidade da obra.

Segundo o artista, o comprador precisa entender que ele está pegando por um trabalho minucioso, rico em detalhes, que beira a perfeição. "Do estudo da obra até a invernização da peça, são 11 etapas que devem ser cumpridas rigorosamente", ressalta Cláudio.

Pesquisar, moldar, fazer a silhueta, esculpir, lixar, montar, fibrar, pintar, sombrear, fazer o acabamento e por fim invernizar, essas são as 11 etapas que concluem a confeção de uma escultura de isopor.

Em média 50 esculturas são produzidas por mês pela empresa, esculturas essas que são solicitadas pela internet, seja por meio do Facebook ou do Instagram da empresa. "Muitas das peças se repetem, faço muitas girafas, elefantes, clássicos da disney como o Mickey e a Minnie, o que me pedem eu estudo e faço, já fiz até entidade do candomblé", conta Cláudio.

O envio das mercadorias produzidas acontece por transportada, para que assim o material chegue intacto onde necessário for, tanto que a Art isopor já mandou obras para países como Estados Unidos, México e Angola.

Para conhecer melhor o trabalho da Art Isopor, acesse o Faceboook e o Instagram da empresa.

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Cortes Mirim e 3ª Idade são eleitas para a 10ª Festa do Colono de TrevisoEspetáculo Gran Circo lota teatro do Parque AmbientalPalestra apresentou o Empretec na ACIVABarão Vermelho e decoração temática da Rússia marcam Comenda ColibriCarros colidem na SC-100, em JaguarunaSábado para tirar dúvidas sobre as Doenças Intestinais