navegue nos blocos da capa

Artes Visuais

Criciúma

Na arte de rua, o exemplo que vem de São Paulo

Por aqui, ainda estamos distantes do debate que a capital paulista faz, com alternativas

12
MAR
2017
| 10h30
10h30
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Denis Luciano

O que uma parede de uma casa na rua Marechal Deodoro, no Centro, e o Monumento às Etnias no Parque Centenário, na Santa Bárbara, apresentam em comum? O “Fora Temer” pichado. Mas é um grafite aqui, uma pichacão ali, e Criciúma não chega a ter nessas manifestações urbanas um problema, e está distante de uma discussão profunda a respeito.

O debate sobre o que é ou não arte de rua foi levantado logo no começo do mandato do novo prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB). Ele mandou apagar tudo o que encontrasse pela frente nos espaços públicos da capital paulista e, agora, lança uma nova modalidade para definir a arte nas ruas.

Se fosse em Criciúma, o “Fora Temer” citado teria que ser apagado. Ou “fora qualquer político ou partido ou igreja”. É que a nova regra que está entrando em vigor em São Paulo proíbe manifestações de cunho religioso, político e discriminatório. 

A Prefeitura paulistana criou oito espaços para grafites, chamados Museu de Arte de Rua. Nesta segunda-feira, será lançado o edital para os grupos de grafiteiros que desejarem administrar os museus, atendendo as regras que foram estabelecidas por uma comissão de 13 profissionais do grafite. O município investirá R$ 200 mil com parceiros privados para oferecer material de apoio aos artistas de rua.

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Coral Show exalta clima natalino no Nações ShoppingPresidente da Câmara de Florianópolis visita o Portal EngeplusAssociação Unidos Contra o Câncer celebra o NatalCER Musical encanta campus da Unesc com canções natalinasCriciúma unida pela magia do NatalPolicia Civil faz incineração de drogas apreendidas