InternetData CenterAssinante

Sul de Santa Catarina é referência na produção de Design de Superfícies

Design de Superfícies no Sul Catarinense
Sul de Santa Catarina é referência na produção de Design de Superfícies
Foto: Revestimento cimentício Origami, design João Rieth para a empresa Revelux
Por João Rieth Em 10/07/2019 às 17:00

Precisamos valorizar aquilo que sabemos fazer com qualidade e que nos distingue de outras regiões e culturas. E neste caso, o Design de Superfícies se destaca na região Sul do Estado de SC, com grande ênfase para o setor cerâmico (atualmente produz 8.000.000m2/mês em Criciúma e região), o qual proporciona informações e produtos que influenciam outros setores produtivos como a estamparia, a moda, os revestimentos cimentícios e de madeira, os acabamentos,  as embalagens, etc.

Falar em Design de Superfícies  significa refletir sobre o valor estético e funcional das superfícies dos objetos que escolhemos conviver em nossos espaços construídos, atribuindo assim um valor simbólico aos mesmos, uma vez que irá refletir nossas preferencias pessoais, expressando aquilo que sentimos e nos identificamos.  Estimulam nossos sentidos através de suas qualidades sensoriais, com suas propriedades óticas, térmicas e táteis e podem nos remeter  às nossas  memórias bem guardadas pelo tempo.  Para a designer e pesquisadora da UFRGS,  “Superfícies são elementos delimitadores das formas. Sendo assim, estão em toda a parte, sempre foram receptáculo para expressão humana, mas nos últimos anos têm sido reconhecidas como elementos projetivos independentes”(2009).

Impossível não mencionar o papel de Athos Bulcão no contexto nacional da produção do design de superfícies .  Seus revestimentos estão presentes em muitas obras de arquitetura em Brasília, com seus módulos gráficos, dispostos de maneira livre e original, representando a expressiva contribuição criativa à cultura brasileira do design . Muitas vezes, o valor das superfícies transcende o próprio objeto (ou parte dele), se tornando mais relevante do que o mesmo e permitindo sua aplicação nos mais variados substratos.   O campo de aplicação é extenso, dos automóveis aos mais diversos utensílios,  mesmo aqueles digitais. As superfícies produzem informações as quais serão decodificadas e avaliadas de modo individual ou coletivo.  Em Santa Catarina, são muitos os profissionais envolvidos neste setor, desde designers com suas criações inspiradas nos hábitos e costumes dos usuários, divididos em variados nichos de mercado  e também por arquitetos que trabalham nas composições das fachadas e espaços internos das edificações.  O aprimoramento tecnológico colabora de modo decisivo, melhorando ainda mais a produtividade e qualidade do produto final.