InternetData CenterAssinante

Prefeitura inicia delimitações de áreas a serem devolvidas aos proprietários no Parque Morro do Céu

Cercamento vira alvo de movimento contrário à devolução da área para a iniciativa privada
Prefeitura inicia delimitações de áreas a serem devolvidas aos proprietários no Parque Morro do Céu
Foto: Divulgação
Por Lucas Renan Domingos Em 27/09/2021 às 19:25

A Prefeitura de Criciúma iniciou a delimitação dos terrenos que estão dentro do Parque Municipal Morro do Céu que continuarão a ser área do município. A demarcação ocorre após a aprovação da Lei 7.844/2021, que revogou a Lei 5.207/2008, cancelando as desapropriações que ali havia. A instalação das cercas é o novo alvo de reclamação do Movimento Salve o Morro do Céu, que é contrário à nova legislação e que pede que o parque permaneça com toda a sua extensão atual.

Uma das organizadoras do Movimento Salve o Morro do Céu, Mariana Sartor, afirma que apesar das reivindicações o Governo de Criciúma não quis dialogar sobre a revisão da Lei. “Recentemente recebemos relatos sobre o início do cercamento. No fim de semana, no encontro que realizamos no Morro do Céu, confirmamos que havia uma pessoa fazendo essa delimitação. Fizemos toda uma movimentação contrária, mas não somos ouvidos”, disse. Uma das reclamações do Movimento Salve o Morro do Céu é que a área pode não ser preservada, mesmo ainda sendo zona de preservação.


Em vermelho, as áreas que serão cercadas pela prefeitura - Foto: Divulgação

“É que 60% do Morro do Céu pertence à iniciativa privada. E a gente sabe que na nossa região o setor imobiliário é muito forte e aquela área de preservação pode acabar sendo comercializada”, acrescentou Mariana.

Em nota, o Movimento Salve o Morro do Céu afirmou que “o processo de cercamento é uma intervenção no local que prejudica todos os animais e todo o ecossistema intacto do morro”. Veja abaixo a nota completa:

URGENTE!

Mesmo com todo o movimento contrário e a reivindicação das pessoas para que o Parque permaneça em toda a sua extensão, a prefeitura de Criciúma já está colocando CERCAS para delimitar os terrenos que serão devolvidos à iniciativa privada. (veja nas fotos as áreas que serão mantidas, totalmente fragmentadas)

O processo de cercamento é uma intervenção no local que prejudica todos os animais e todo o ecossistema intacto do morro. Mais do que isso, é uma decisão AUTORITÁRIA por parte da prefeitura que segue ignorando os apelos do movimento e também negando a ciência, pois essa área verde é essencial para nossa cidade!

Não houve até agora sequer uma resposta do poder público sobre nosso movimento, seguimos ignorados pelo prefeito e pela maioria dos vereadores.

Não iremos tolerar decisões autoritárias e exigimos que nosso movimento seja ouvido e que o desmonte do parque seja freado!

Leia mais sobre: