InternetData CenterAssinante

Após sugerir protocolos ao governo, entidades promotoras de eventos aguardam liberação do setor

Setor movimenta R$ 1,5 bilhão por ano e gera 15 mil postos de trabalho no estado
Após sugerir protocolos ao governo, entidades promotoras de eventos aguardam liberação do setor
Foto: Feira CasaPronta
Por Jaqueline Backes Em 16/09/2020 às 12:57

Após sugerir protocolos de segurança ao governo, entidades promotoras de eventos aguardam liberação do setor em SC
Medida deve ser anunciada nos próximos dias - setor movimenta R$ 1,5 bilhão por ano e gera 15 mil postos de trabalho no estado

Após meses de espera e inúmeras reuniões, o setor de eventos - um segmento que gera 15 mil postos de trabalho e movimenta R$ 1,5 bilhão por ano em Santa Catarina está na expectativa da publicação das portarias com os protocolos sanitários para retomada das atividades do setor. 

Nos últimos 90 dias, entidades como Federação dos Convention Bureau de SC e as Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC/SC), Promotores de Eventos (ABRAPE/SC), SENAC e os Convention de todo estado trabalharam intensamente para entregar ao Governo do Estado a sugestão dos Protocolos Sanitários para a retomada do setor de eventos, que estão servindo de base para as portarias que devem ser publicadas nos próximos dias.

"Foi um  trabalho muito responsável e intenso, com importante apoio do presidente da Santur, Mané Ferrari, onde a saúde das pessoas é o ponto mais importante", destaca Marco Aurélio Floriani, presidente da Federação dos Convention de Santa Catarina.

Os documentos foram elaborados para cumprir com rigor todas as medidas necessárias para minimizar os riscos de contaminação pela Covid19, ao mesmo tempo que irão proporcionar a volta ao trabalho de milhares de trabalhadores que há exatos 180 dias estão sem emprego e renda, muitos até em situação de miséria, alerta a entidade.

Fonte: Federação dos Conventions de SC.